Bandeiras de risco

Moderado Moderado Moderado Moderado

Risco potencial Moderado


Restrição baixa.
#UseMáscara

Alto Alto Alto Alto

Risco potencial Alto

Restrição moderada.
#UseMáscara

Grave Grave Grave Grave

Risco potencial Grave

Restrição alta.
#FiqueEmCasa #UseMáscara
.

Gravíssimo Gravíssimo Gravíssimo Gravíssimo

Risco potencial Gravíssimo

Restrição máxima.
#FiqueEmCasa #UseMáscara

Bandeiras de risco

Covid Lages - 18/10/2021

Índices da Saúde Pública

102% Incluindo vacinados com Janssen DA POPULAÇÃO ADULTA COM PELO MENOS 1ª DOSE

39% ADOLESCENTES VACINADOS COM 1ª DOSE

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:17

98% VACINADOS 1ª DOSE

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:15

76% PESSOAS IMUNIZADAS DE LAGES IMUNIZADOS

2,3% Adultos com reforço vacinal

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:16

216.493 VACINAS APLICADAS LAGES

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:09

117.940 1ª DOSE

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:09

86.118 2ª DOSE

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:09

4.968 DOSE ÚNICA

Janssen

Atualizado em 08 de outubro de 2021 ás 10:39

28.638 CONFIRMADOS

CASOS EM LAGES

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:12

27.969 RECUPERADOS

CASOS EM LAGES

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:13

140 ATIVOS

CASOS EM LAGES

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:14

13% ENFERMARIA COVID-19

Pessoas Lages

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:14

11% UTI COVID-19

Pessoas de Lages

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:14

0 UTI COVID-19

PACIENTES AGUARDANDO LEITOS - AMURES

Atualizado em 19 de julho de 2021 ás 22:20

0 ENFERMARIA COVID-19

PACIENTES AGUARDANDO LEITOS - AMURES

Atualizado em 17 de julho de 2021 ás 01:07

7 UTI GERAL

PACIENTES AGUARDANDO LEITOS - AMURES

Atualizado em 18 de outubro de 2021 ás 11:15

529 ÓBITOS LAGES

351 Óbitos de outras cidades da Amures

Atualizado em 08 de outubro de 2021 ás 10:38

Doses de Vacinas recebidas

Última atualização: 19 de setembro de 2021

Quantidade recebida de vacinas: AstraZeneca

AstraZeneca 92.935 doses

Quantidade recebida de vacinas: Pfizer

Pfizer 32.766 doses

Quantidade recebida de vacinas: Coronavac

Coronavac 57.695 doses

Quantidade recebida de vacinas: Janssen

Janssen 4.950 doses

Locais de Vacinação

#LagesContraOCoronaVirus

#PrefeituradeLages

#SaudeLages

#VacinaLages

Depoimentos

Tire suas dúvidas

Não. Quando mais vacinas forem recebidas pelo Município divulgaremos a estratégia de vacinação para cada uma das fases.

Caso você tenha dúvidas, sobre necessidade de agendamento ou fase vigente, entre em contato com o Central Covid pelo telefone: 3251.7601 ou 3251.7602

Você se enquadra em algum grupo elencado? Não, Infelizmente ainda não temos datas para a aplicação das vacinas, pois dependemos da chegada de mais doses enviadas pelo Ministério da Saúde.

Se você faz parte dos grupos previstos para a vacinação, será vacinado conforme mais doses forem enviadas pelo Ministério da Saúde. Os Municípios estão recebendo doses gradativamente, por conta disso foi preciso estabelecer prioridades, seguindo critérios do plano Nacional de Vacinação.

O primeiro local de escolha para aplicação da vacina é no braço. Os vacinadores têm conhecimento técnico para avaliar cada situação, e optar pela melhor aplicação.

  • Coronavac/Butanta - Serão duas doses aplicadas; com intervalo de 21 dias.
  • Astrazenca/Fiocruz - Serão duas doses aplicadas; com intervalo de 84 dias.
  • Pfizer - Serão duas doses aplicadas; com intervalo de 84 dias.
  • Janssen - Dose única.

Nesse momento, as doses que recebemos do ministério da saúde são da Sinovac/Butantan, Astrazeneca/Fiocruz, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson&Johnson .

Não será possível escolher qual vacina tomar, mas você poderá conferir no cartão de vacinação qual a vacina e lote foram aplicados.

Sim, ainda não há evidências cientificas comprovando que quem já contraiu a doença está imune.

Recomendamos que a vacinação seja adiada até a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas.

Não, nenhuma vacina causa COVID. As vacinas atualmente aprovadas e disponíveis no Brasil são seguras. Inclusive a que temos disponíveis no momento utilizam o vírus inativado, ou parte do vírus inativado, assim como outras vacinas como a da gripe e a da raiva.

A interação com álcool não foi avaliada em estudos para nenhuma das vacinas disponíveis até o momento, para outras vacinas semelhantes parece não haver correlação/ interação na absorção.

 

A chance de se contaminar com vírus e desenvolver a doença, tendo sido vacinado são significativamente menores, mas existe, especialmente antes do período de 28 dias após a segunda dose.

  • a. A vacina não é indicada para crianças.
  • b. A idade mínima para tomar vacina é 18 anos. A vacina não foi testada ainda em crianças e adolescentes. Alguns estudos ainda estão sendo feitos com essa população. Nesse momento, a vacina não está indicada para esses grupos.

Você deve informar caso esteja com febre e em fase aguda da COVID-19. Neste caso é preciso esperar ao menos 4 semanas após início dos sintomas ou após PCR para serem vacinadas.

Informe ainda caso você faça uso de imunoglobulina humana. Neste caso, será preciso receber a dose com pelo menos um mês de intervalo, de forma a não interferir na resposta imunológica.

É importante lembrar que não é necessário suspender nenhum tipo de medicação para a vacinação, até mesmo os antiagregantes plaquetários devem ser mantidos e não implicam em impedimento à vacinação. Por cautela, a vacina pode ser administrada o mais longe possível da última dose do anticoagulante direto.

Para os indivíduos com trombocitopenia ou coagulopatias, a sua equipe deve deixá-lo em observação logo após a aplicação por cerca de 15 minutos.

Informe caso você seja imunodeprimido. Este público será vacinado mediante autorização médica.

Até o momento não temos informação quanto à prevenção da transmissão, o que sabemos é que a vacina previne o desenvolvimento em especial das formas graves e que necessitam de internação.

Por esse motivo, mesmo após se vacinar teremos que manter as medidas de distanciamento social e uso de máscaras até que a maioria da população esteja vacinada.

A imunidade ocorre cerca de 30 dias após a segunda dose. As medidas de distanciamento deverão ser mantidas até que a imunidade coletiva seja atingida pela população.

Não, nenhuma vacina altera material genético.

Não, nenhuma vacina até o momento tem correlação com o desenvolvimento de câncer.

A reação mais comum é a dor no local da aplicação, a qual pode durar até 7 dias. O uso de compressas não é indicado, analgésicos previamente utilizados podem ser usados conforme prescrição prévia, até atendimento presencial caso necessário. Outros sintomas podem ocorrer e você deve procurar a UBS do seu bairro ou UPA. Qualquer dúvida entrar em contato com a Central Covid pelo telefone: 3251.7601 ou 3251.7602